Posted by: unitrapped | 06/12/2009

Morto/e/ficante

Me massacra e corrói

Mortifica, revolvendo-me
Ininterruptamente me despedaça
E vira do avesso…

Porque te quero agora, agora
Teu coração e tua alma
E estou no meu limite

 

Última chamada para largar as rédeas!

 

Violentamente me drogam e forçam

A aguentar

Para ininterruptamente

Morrer de frio de dentro para fora

Sonhando estar vivo

Porque te quero agora, agora
Teu coração e tua alma

E estou a desmoronar-me, no meu limite

Última chamada para largar as rédeas!

 

Sinto como se o meu coração implodisse

Estou no meu  limite

Vou fugir agora

Levando a minha fé desfeita 

Me massacra e corrói

Me torce, revolvendo-me
Ininterruptamente me desmorona
E vira do avesso…

Porque te quero agora, agora
Teu coração e tua alma
E estou no meu limite

 

Última chamada para largar as rédeas!

 

Violentamente me drogam e forçam

A aguentar

Para ininterruptamente

Morrer de frio de dentro para fora

Sonhando estar vivo

Porque te quero agora, agora
Teu coração e tua alma

E estou a desmoronar-me, no meu limite


Última chamada para largar as rédeas!

 

Sinto como se o meu coração implodisse

Estou no meu  limite

Vou fugir agora

Levando a minha fé desfeita

 

 

 

Advertisements

what? Say it again, please, the music was too loud ;-)

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: